Agência de Turismo e Operadora de Turismo - Blog Nattrip

Compostelana e Fisterrana: qual a diferença e como obter?

Você sabe o que são a Compostelana e Fisterrana?

A Compostelana e Fisterrana estão relacionadas com o Caminho de Santiago de Compostela, mas você sabe o significado dessas credenciais da peregrinação?

Os Caminhos de Santiago de Compostela são percorridos desde bem antes dos tempos medievais. Todavia a intensidade de peregrinos aumentou muito a partir do século IX na intenção de venerar o túmulo do apóstolo Santiago Maior, cujo sepulcro acredita-se estar na catedral de Santiago de Compostela. A peregrinação era uma das mais recorrentes na Europa medieval por serem concedidas indulgências pela igreja católica apostólica romana a quem fizesse.

A popularidade dessa peregrinação tem crescido novamente desde os anos 80, embora grande parte das pessoas que fazem o Caminho de Santiago, atualmente não o façam por motivos religiosos. O Caminho é conhecido por ser um itinerário espiritual e cultural percorrido por milhares de pessoas todos os anos.

Não há um ponto de partida definido, apenas alguns locais que são chamados de “clássicos” ou “convencionais”, ou seja, cidades onde a maioria dos peregrinos começam a caminhar. A rota mais popular e com maior estrutura para receber os peregrinos é o Caminho Francês, conhecido como St. James way pelos ingleses e Jacobus Weg pelos alemães. Seu início clássico é em Saint-Jean-Pied-de-Port, na França, com seus quase 800 km até Santiago de Compostela, podendo ser percorridos em pouco mais de 30 dias. Veremos então como obter os diplomas Compostelana e Fisterrana.

mapa caminho de santiago - Compostelana e Fisterrana

A COMPOSTELANA (LA COMPOSTELA)

Exemplo de Compostelana - Compostelana e Fisterrana

O peregrino que concluir sua caminhada por um dos Caminhos de Santiago existentes, chegando na cidade de Santiago de Compostela, poderá solicitar a Compostelana. Trata-se de um diploma emitido pela Oficina del Peregrino para certificar que a rota percorrida foi efetivamente realizada, e – muito importante – por quem conseguir chegar ‘pelas suas próprias forças’ até a Catedral de Santiago de Compostela.

A Compostelana pode ser obtida em qualquer ano pelos peregrinos que cumprirem os últimos 100 quilômetros a pé ou de cavalo (desde Sarriá), ou os 200 últimos quilômetros percorridos de bicicleta (desde Ponferrada), ou ainda no caso de percorrerem o Caminho Francês completo para Santiago de Compostela, chamado de El Camino.

Para alcançar a Compostelana não é necessário ter realizado o caminho continuamente no tempo, mas sim geograficamente. Ou seja, pode-se planejar a rota, por exemplo, nos fins de semana, mas garantindo sempre retomá-la onde parou da última vez, porque ignorar uma seção do caminho invalidaria a conquista do certificado.

La Oficina del Peregrino

A Oficina del Peregrino coloca o selo final pertencente à Catedral de Santiago de Compostela na Credencial del Peregrino daqueles que tenham percorrido as distâncias mínimas do Caminho de Santiago de Compostela. Cumprido este rito, na própria Oficina del Peregrino você também pode obter a Compostelana, o tradicional certificado de peregrinação expedido pela Arquidiocese de Santiago de Compostela e pelo órgão de turismo da Junta da Galícia.

Quem vai à cavalo pode obter a Compostelana?

Apesar de um cavalo caminhar pelas próprias forças do cavalo, não do peregrino que está montado, por ser um meio de locomoção utilizado desde a Idade Média para percorrer o Caminho de Santiago de Compostela, ele é considerado dentro do conceito de que o peregrino deve percorrer as trilhas pelas próprias forças. Usar veículos automotores modernos, como carros e motos, não dá direito à Compostelana. Com exceção feita no caso das pessoas comprovadamente com deficiência de locomoção e necessidades especiais para tal.

Crianças obtêm a Compostelana?

As crianças que fizerem a peregrinação com os pais ou em grupos, e que já possam receber o Sacramento da Comunhão ou que tenham a capacidade de compreender o que significa a natureza espiritual ou religiosa do Caminho, podem receber a Compostelana. Para as crianças que não tenham idade suficiente para compreender essas dimensões de peregrinar a Santiago de Compostela, recebem um certificado especial com os seus nomes. No caso de bebês, os seus nomes são incluídos na Compostelana dos seus pais ou do adulto acompanhante.

A insígnia do peregrino

Vieira - Compostelana e FisterranaOutrora, os peregrinos simplesmente recebiam uma insígnia que era uma concha ou vieira da Galícia ao chegarem a Santiago de Compostela. Porém, estas insígnias eram facilmente falsificadas, ocorrendo com frequência e levando a Igreja Católica em Santiago de Compostela a ameaçar de excomunhão os que se envolviam nessa falsificação. Mais tarde, as insígnias foram substituídas pelas ‘cartas probatórias’ que passaram a ser emitidas a partir do século XIII. Estas cartas são a origem histórica da Compostelana, atualmente o certificado oficial para os peregrinos a Santiago de Compostela que tenham atendido às condições mínimas estabelecidas.

É importante ressaltar que a Compostelana limita-se a quem percorre as trilhas existentes até o túmulo do Apóstolo por motivos religiosos e/ou espirituais, a pé, de bicicleta ou a cavalo. Para os que realizam esta empreitada por motivos unicamente turísticos, de lazer ou culturais, a Oficina del Peregrino emite um outro documento que não a Compostelana. Este documento alternativo é o Certificado de Distância. Aqueles que obtém a Compostelana também podem requisitar o Certificado de Distância.

O Certificado de Distância

O Certificado de Distância indica o dia e o ponto de início da peregrinação, os quilômetros percorridos, a rota percorrida (exemplo: Caminho Francês de Santiago de Compostela) e o dia da chegada na Catedral de Santiago de Compostela, que devem constar na Credencial do Peregrino. É um pergaminho ornamentado com uma gravura do Apóstolo Thiago Maior e um texto em latim, ambos retirados do Codex Calixtino. O certificado de Distância pode ser solicitado para peregrinações feitas em anos anteriores, não sendo necessária uma continuidade no tempo, mas sim geográfica, ou seja, o reinício da caminhada tem que se dar no término da última jornada percorrida.

O QUE É O CODEX CALIXTINUS?

O Codex Calixtinus, também referido como Liber Sancti Jacobi ou Códice Calixtino (em espanhol), é um manuscrito de meados do século XII. É conhecido do grande público principlamente pelo seu livro V, que se constitui no mais antigo guia para os peregrinos que trilhavam o Caminho rumo a Santiago de Compostela. Inclui conselhos, descrições do percurso, das obras de arte, assim como usos e costumes das populações que viviam ao longo da rota. Os demais livros do códice contêm sermões, narrativas de milagres e textos litúrgicos diversos relacionados ao apóstolo Tiago. (Retirado de Wikipedia Codex Calixtinus)

A FISTERRANA

A Compostelana e Fisterrana são diplomas que certificam um feito através da peregrinação. Para os peregrinos que continuam a sua caminhada para além de Santiago de Compostela, fazendo o percurso até Finisterre (Fisterra em galego), existe este outro documento que reconhece que os peregrinos completaram ambos os itinerários (até Santiago de Compostela e depois até Fisterra). Trata-se da Fisterrana, certificado este que não é reconhecido pela Igreja Católica, sendo apenas expedido pelo município de Fisterra, com cunho apenas turístico/cultural e não religioso/espiritual. Para obter a Fisterrana, o peregrino deve solicitá-la no albergue da cidade de Fisterra.

exemplo de fisterrana - compostelana e fisterrana

Comentários no Facebook

Redator
Paulo Fernandez

Paulo Fernandez

Consultor Santiago de Compostela

Paulo Fernandez é consultor da Nattrip para a peregrinação à Santiago de Compostela, tendo concluído o Caminho Francês desde Saint-Jean-Pied-de-Port em 1999.

Mais Recentes
Facebook
Instagram

Veja também

Chapadas-do-brasil-cover

Chapadas do Brasil

O-que-fazer-em-Visconde-de-Maua
Ilha Grande Reserva cover
Trilhas de longo curso cover

Trilhas de longo curso

Documentários sobre a peregrinação para Santiago de Compostela

Novidades

Parceria Rio Eco Pets

Parceira Rio Eco Pets

Turismo Brasileiro Liberação dos Jogos
Como chegar na Pedra da Gavea Nattrip
Trekking Isla Grande 360° 5
24-horas-em-Sao-Paulo-COVER

24 horas em São Paulo

Tromba d'água

Tromba d'água

Apoiadores e Parceiros

Receba nossas novidades