Agência de Turismo e Operadora de Turismo - Blog Nattrip

Influenciadores digitais no turismo

Há um mundo em constante expansão quando o assunto é influenciadores digitais no turismo. Explorando plataformas como Instagram, Facebook, Twitter e YouTube, muitos viajantes potencializam mensagens e compartilham seu estilo de vida “viajante” com uma audiência cativa e ávida por dicas e novidades.

Neste contexto, tanto empresas do setor do turismo (hotéis, pousadas, agências de viagens e intercâmbio etc.) quanto governos devem prestar atenção nesses criadores de conteúdo. 

Os influenciadores de viagens são excelentes porta-vozes, pois falam com nichos específicos do público consumidor de destinos turísticos e, ao mesmo tempo, potencializam os retornos sobre os investimentos.

Sobre isso queremos ajudá-lo a refletir ao longo deste artigo. 

Continue lendo para entender como os influenciadores digitais no turismo devem ser considerados nas estratégias de marketing das agências especializadas e também dos governos!

O universo dos influenciadores digitais no turismo — ou influenciadores de viagens

Comecemos por definir influenciadores digitais no turismo, também chamados de influenciadores de viagens (ou, reproduzindo o termo inglês: influencers). 

Os influenciadores digitais são pessoas comuns que têm grandes quantidades de seguidores em seus blogs e perfis de redes sociais. Eles são, essencialmente, criadores de conteúdo que entendem a linguagem digital e a exploram para agradar a públicos específicos. 

Nos últimos anos, os influenciadores digitais estão cada vez mais profissionalizados. No entanto, diferentemente das celebridades “mainstream”, que atuam na mídia tradicional, eles têm uma relação de mais proximidade com seu público. 

Os influenciadores digitais no turismo e em outros ramos lidam com a exposição de uma maneira mais íntima. Com eles, a fronteira entre o que é público e o que é privado praticamente não existe. Se estivéssemos falando em termos de teatro, poderíamos dizer que os influencers quebram a “quarta parede”. 

Por essas características, há hoje influenciadores digitais que têm mais fãs e que produz mais receita que celebridades com décadas de fama. 

Principais características que garantem o sucesso dos influenciadores digitais no turismo

Os influenciadores de viagens e estilo de vida “viajante” trabalham principalmente em redes sociais mais visuais. As plataformas mais exploradas por eles são o YouTube e o Instagram. Por diversas razões, como você vai ver a seguir.

Influencers de viagens no Youtube

A plataforma de vídeo é uma grande rede social para os influenciadores de viagens compartilharem seu conteúdo. 

Aqueles que preferem gravar suas estadias em hotéis e fugas da cidade não apenas compartilham seus pensamentos e sentimentos com seu público, mas também seus melhores momentos e envolvem os assinantes de seu canal na diversão.

Os vídeos permitem que os usuários vejam um local de maneira próxima e pessoal antes mesmo de o visitarem, e é por essa razão que os youtubers de viagens têm muitos seguidores.

→ Confira o exemplo do canal Vamos Trilhar, de Samara Arruda e Vinicius Pinto: 

https://www.youtube.com/watch?v=3q4K8pHKEnI

Influencers de viagens no Instagram

Se os blogs fornecerem informações detalhadas e o YouTube permite que o usuário veja um local antes mesmo de visitá-lo, o Instagram facilita o compartilhamento da fantasia.

Instagrammers (como são popularmente chamados) são capazes de transformar cada foto em uma obra de arte. Eles pensam em cada pequeno detalhe e sabem como aumentar o impacto de uma imagem. Uma conta popular do Instagram não é apenas uma coincidência.

É precisamente esse cuidado de retratar cada momento com o máximo de magia possível, que torna os influenciadores de viagens os colaboradores perfeitos para os estabelecimentos do setor de turismo.

→ Um dado interessante: de acordo com uma pesquisa da Schofields, 40% dos Millennials (jovens nascidos a partir dos anos 1990) decidem seus destinos de viagens pelo grau “instagramável” dos locais. 

Vantagens que os influenciadores digitais oferecem às empresas de turismo e aos governos

Quando planejamos uma viagem, queremos ter certeza de que tudo será perfeito. Claro, algumas pessoas gostam de improvisar, mas a grande maioria de nós que está pensando em um destino turístico tende a realizar muita pesquisa online de antemão.

Segundo as estatísticas globais, até 82% dos viajantes seguem blogs ou influenciadores de viagens e estilo de vida nas mídias sociais; e se apoiam na opinião deles para planejar suas férias ou escapadas rápidas a destinos turísticos. E isso acontece por diversas razões:

  • a maioria dos usuários confia na opinião dos influenciadores digitais mais do que em outros comentários que lê online;
  • as resenhas deixadas para locais comerciais tendem a ser limitadas a apenas algumas linhas de texto e, muitas vezes, a identidade do autor é anônima. Logo, as pessoas preferem crer em personalidades da web, cujo valor do trabalho está em suas reputações;
  • influenciadores digitais no turismo (blogueiros, instagrammers, youtubers etc.) não apenas compartilham sua identidade com seus seguidores, mas uma grande parte de suas vidas. Isso gera identificação, apela para uma espécie de “amizade” online;
  • influenciadores digitais no turismo vão além dos anúncios tradicionais. Na maior parte do tempo, eles não fazem propaganda; compartilham experiências e contam histórias, o que quebra a resistência às suas mensagens;
  • influenciadores sabem exatamente o que seu público gosta; é isso que faz deles os melhores criadores de conteúdo que uma marca poderia contratar para promover seus serviços;
  • cada influenciador digital têm um público específico. Uma família fala com outras famílias, um jovem fala com outros jovens e por aí vai. Empresas do ramo do turismo podem, portanto, trabalhar ações de marketing bem segmentadas — fazer com que suas mensagens cheguem ao público certo e na hora certa;
  • é muito mais barato investir em influenciadores digitais no turismo do que fazer propaganda no estilo tradicional. Um anúncio de 30 segundos na TV, por exemplo, pode ser até 500 vezes mais caro do que um post patrocinado — sem contar que nos meios tradicionais não dá para ter certeza de quem foi impactado pela mensagem.

Em suma, empresas do ramo do turismo devem prestar atenção nos influenciadores digitais. Trabalhar com eles pode gerar mais retorno por um custo muito menor do que a publicidade tradicional. 

Quando falamos nos esforços dos governos (municipais, estaduais e federais) para a promoção do turismo, também os influenciadores digitais são personalidades que podem potencializar as ações de marketing governamentais. 

Não importa se a ideia é atrair mais visitantes a um destino específico ou se é potencializar o comércio local, com a colaboração de influencers de viagem, é possível chamar a atenção do público de interesse com um custo relativamente baixo.

Pontos-chave para estratégias de marketing com influenciadores digitais no turismo

Colaborar com os influenciadores de viagens para campanhas de marketing requer mais ou menos o mesmo processo que qualquer outra campanha digital, que é o seguinte:

Estabeleça os objetivos da campanha

O que você deseja alcançar, quais os indicadores você usará para analisar a campanha (quantidade de acesso, interação, aquisição de um serviço etc.). 

Com objetivos bem definidos fica mais fácil escolher os influenciadores certos para colaborar com a campanha.

Selecione os influenciadores perfeitos

As marcas e os governos devem levar em consideração a demografia e a taxa de engajamento do público em vez do número de seguidores que os influencers possuem. 

Muitas vezes é mais relevante trabalhar com um criador de conteúdo que tenha menos fãs, mas que fale com o nicho específico que se quer atingir.

Trabalhe com influenciadores em colaboração

Os influenciadores sabem exatamente o que o público gosta, e é isso que faz deles os melhores criadores de conteúdo possíveis que uma marca poderia contratar para promover sua empresa. As marcas devem ter em mente as seguintes dicas para colaborar com os influenciadores:

  • discuta ideias de campanha com influenciadores e ouça sugestões;
  • defina ações de campanha e crie conteúdo. Isso deve ser acordado entre as duas partes;
  • o influenciador deve sempre se sentir confortável com o conteúdo que está criando e o tom a ser usado. Essa é a melhor maneira de garantir que o público receba as recomendações com naturalidade;
  • quanto mais satisfeito o influenciador estiver com a experiência, mais bem-sucedida esta sensação será transmitida ao seu público. É importante que as marcas demonstrem sua proposta de valor da melhor maneira possível para fazer o influenciador se apaixonar por elas. O conteúdo deve ser o mais vivo e dinâmico possível.

Mantenha relacionamentos com influenciadores de viagens

Esses perfis específicos procuram o melhor conteúdo para compartilhar com seu público. E ajudá-los a alcançar essa meta é a melhor maneira de garantir um bom retorno de sua campanha. 

Mantendo um bom relacionamento com influenciadores digitais no turismo, empresas do ramo e governos podem obter, inclusive, mídia espontânea. 

Execute e meça os resultados

Além de executar as ações (posts com recomendações, patrocínio de viagem etc.), é fundamental medir os resultados. 

Uma agência de viagens, por exemplo, pode anunciar um pacote promocional para os seguidores de um influencer. Por meio de um código promocional, conseguirá ver quantas pessoas compraram a partir de uma mensagem daquele influenciador. 

Bons conhecedores das ferramentas digitais que são, os influenciadores podem repassar dados sobre alcance, público-alvo atingido, quantidade de interações etc. É importante combinar isso com antecedência, de preferência com especificações em contrato.

Em conclusão, apesar de começar como um conceito bastante curioso, os influenciadores de viagens ajudaram com sucesso muitas marcas a alcançar excelentes resultados e conseguiram transformar esses tipos de ações de marketing na norma. Nos últimos anos, os influencers brasileiros têm se profissionalizado e eles podem ser excelentes parceiros tanto para as empresas do ramo quanto para as secretarias de turismo dos governos municipais, estaduais e federais. 

Comentários no Facebook

Redator
Luara Lua Pereira De Marinis

Luara Lua Pereira De Marinis

Criadora de Conteúdo Independente

Libriana, 27 anos, redatora, pedagoga e oficineira. Estudiosa em Antroposofia. Adoro viagens e yôga. Acredito no poder do feminino. Trilhas, natureza e minimalismo são grandes interesses. Sempre em busca de novos caminhos e descobertas.

Confira os Posts Mais Recentes sobre Trilhas no Rio de Janeiro
Confira as principais Trilhas e Aventuras no Rio de Janeiro

Veja também

TRILHAS DO RIO DE JANEIRO – TOUR VIRTUAL PELO GOOGLE EARTH
Após Confinamento Corona Virus procure realizar mais atividades ao ar livre
Roda Gigante Rio StarMarco Aurelio Neves Junior

Roda Gigante Rio Star

E-Book Rio de Janeiro

Como chegar na Pedra da Gavea Nattrip
Passeios baratos no Rio de Janeiro cover
O-que-fazer-em-Visconde-de-Maua
o que fazer em petropolis

Novidades

TRILHAS DO RIO DE JANEIRO – TOUR VIRTUAL PELO GOOGLE EARTH
Após Confinamento Corona Virus procure realizar mais atividades ao ar livre
Roda Gigante Rio StarMarco Aurelio Neves Junior

Roda Gigante Rio Star

Sochi cidade russa virou modelo para o turismo do país

E-Book Rio de Janeiro

Apoiadores e Parceiros
Associada a
Associada a
Receba nossas novidades

× Como posso te ajudar?