Agência de Turismo e Operadora de Turismo - Blog Nattrip

Pedra da Gávea: uma enxurrada de ocorrências

Quem vem ao Rio de Janeiro enxerga de longe três ícones da cidade praticamente de qualquer lugar da zona turística: o Corcovado, o Morro Dois Irmãos e a Pedra da Gávea. A Pedra da Gávea é sem dúvida a mais desejada para os aventureiros do Brasil e do mundo. Alcançar o topo consiste em uma aventura completa: uma trilha íngreme, inúmeros obstáculos e até um trecho de escalada. Isto faz do desafio um “must-do” quando se fala em aventura no Rio de Janeiro.

Conheça o roteiro da Trilha à Pedra da Gávea!

Geograficamente, de frente para a Pedra da Gávea, está a Pedra Bonita, onde há dois atrativos muito conhecidos: os saltos de voo livre com parapente e asa-delta, e a trilha da Pedra Bonita. Esta é uma trilha bem leve, praticamente sem obstáculos, o que faz com que seja muito procurada por muita gente. Tanto a Pedra da Gávea quanto a Pedra Bonita, estão em áreas protegidas, dentro do território do Parque Nacional da Tijuca.

Conheça o roteiro da Trilha à Pedra Bonita!

A Internet prega peças

Há dois anos, foi iniciado um programa de voluntariado no Parque Nacional da Tijuca por iniciativa da ACTA (Associação Carioca de Turismo de Aventura) que colocava dois voluntários toda manhã na entrada das trilhas da Pedra da Gávea e da Pedra Bonita. O objetivo era educar os visitantes além de identificar os problemas de uso público que vinham ocorrendo nestes locais. Durante o programa, foram identificadas diversas ocorrências, como cachorros circulando e muitas pessoas descendo de pernoites no cume.

A maioria dos visitantes que infringiam regras de uso do local eram apenas desinformados. Outros se mostraram recorrentes, e destes, a maioria foi identificado. Todavia faltou ação por parte do Parque. Ninguém foi autuado durante o programa. Isto causou desmotivação geral na equipe de voluntários, que foi sendo reduzida com evasões até que o programa foi congelado.

Durante este programa, era fácil ver inúmeras pessoas que se dirigiam à trilha da Pedra da Gávea pensando que iriam subir a Pedra Bonita e vice-versa. A confusão entre a Pedra Bonita e Pedra da Gávea é historicamente notável. Semanalmente aqui na Nattrip, consumidores perguntam quanto custa o salto de parapente do topo da Pedra da Gávea. Vejam, o salto ocorre da pista de decolagem localizada na base da Pedra Bonita. Do topo só para esportistas em voo solo.

Na Pedra da Gávea, era comum ver pessoas chegando de chinelo, sem água, achando que fariam uma caminhada simples e perguntando se o topo da Pedra Bonita era mesmo bonito. Também era fácil de ver pessoas que sabiam que estavam indo para a Pedra da Gávea, mas que nunca tiveram uma experiência em escalada em rocha antes, não estavam com guias nem com equipamentos de segurança. Mal estavam com bons calçados e mantimentos, e diziam: “um amigo me disse que é tranquilo”.

O impacto da ignorância

O resultado disso é que em 2017 foram gastos pelo Corpo de Bombeiros em torno de 97 mil reais com helicóptero só na Pedra da Gávea. Pasmem! Muitas vezes porque alguém torceu o pé.

É muito conveniente, claro! O cidadão não paga nada para ter um resgate de helicóptero e não tem a capacidade de perceber que ele está tirando um recurso fundamental de outro eventual resgate com vítima em estado grave.

As pessoas que acampam no cume da Pedra da Gávea levam suas barracas, isolantes e sacos de dormir. Sempre procuram por um lugar fofinho para deitar. Com isso, acabam prensando a vegetação de cume e muitas vezes até cortando folhas e caules para poder afofar o terreno. Isto está causando uma devastação na vegetação, e como consequência, a aceleração da erosão no local.

A virada de jogo

De Novembro de 2017 a Janeiro de 2018, foram realizadas 6 autuações. Todas variando entre 3 e 5 mil reais de multa, quase todas por infringir regras de uso público do Parque, como por exemplo pernoitar no cume da Pedra da Gávea. É importante ressaltar que as multas por infringir regras de uso público variam entre 500 e 10 mil reais, dependendo da gravidade da ocorrência e critérios agravantes, como reincidência, por exemplo.

Este ano de 2018 haverá uma série de ações no local. O Parque criou o programa Pedra da Gávea consciente e terá o apoio de órgãos importantes na realização destas ações, como ACTA/ABETA (Assoc. de empresas de Turismo de Aventura), FEMERJ/CBME (federação e confederação de montanhismo), as forças de segurança e o Corpo de Bombeiros do estado.

Com isso nos resta reforçar as recomendações. Quando for realizar uma atividade de Turismo de Aventura, contrate uma empresa legalizada. Se for sozinho ou com os amigos, informe-se sobre as regras de visitação da Unidade de Conservação que irá visitar.

Comentários no Facebook

Veja também

Trilhas de longo curso cover

Trilhas de longo curso

Tour Operator Scholarship Program da Adventure Travel Trade Association (ATTA)
10 motivos para contratar a Nattrip
viagem a trabalho
Por que ter um Blog

Por que ter um blog?

Dinâmicas de Grupo Motivação
dinâmicas de grupo para empresas
Value Proposition Canvas - 3
Redator
Rodrigo Fernandez

Rodrigo Fernandez

CEO - Chief Executive Officer
Mais Recentes
Facebook
Instagram

Novidades

Sochi cidade russa virou modelo para o turismo do país

E-Book Rio de Janeiro

Chapadas-do-brasil-cover

Chapadas do Brasil

Parceria Rio Eco Pets

Parceira Rio Eco Pets

Turismo Brasileiro Liberação dos Jogos

Apoiadores e Parceiros

Receba nossas novidades