Agência de Turismo e Operadora de Turismo - Blog Nattrip

Tromba d’água ou Cabeça d’água? Entenda o fenômeno natural de rios e cachoeiras

Quando chega o verão, a procura por locais com banho de rio e cachoeiras aumenta bastante. Porém, é nesta estação de chuvas intensas que concentra-se a maior chance de ocorrência de temporais nas cabeceiras dos rios, elevando em pouco tempo a vazão das águas. Eis no verão que muitas regiões do Brasil são propensas a ocorrência de tromba d’água, representando um grande perigo para quem estiver em rios e cachoeiras.

Tromba d’água ou Cabeça d’água: qual é a diferença?

A tromba d’água é o termo popular, mas não o mais correto, utilizado para descrever o aumento rápido e repentino do nível de um rio, quando chove nas cabeceiras (nascentes) ou em trechos mais altos de seu percurso. O volume de água do rio ou da cachoeira pode subir vários metros em pouco tempo, formando uma enxurrada destruidora e geralmente, sem deixar tempo suficiente para que os banhistas possam sair e abrigar-se.

Este vídeo de autor desconhecido demonstra claramente o fenômeno Cabeça d’água ocorrendo num rio.

O aumento rápido e repentino das águas tem alto poder destrutivo. Dependendo da intensidade, esse fenômeno natural pode arrastar árvores, animais, pessoas, blocos de rocha, etc, além de causar transbordos nas margens do rio e enchentes em regiões do entorno.

Cabeça d’água é o nome mais correto desse fenômeno natural, uma vez que a definição de tromba d’água remete ao fenômeno semelhante ao tornado, que ocorre no mar ou lagos, elevando as águas para o ar no formato de um cone. Nossa equipe presenciou uma pequena tromba d’água na Patagônia Chilena durante uma expedição (vídeo abaixo). Popularmente entretanto, o termo Tromba d’água é mais usado que Cabeça d’água.

Fenômeno de tromba d’água ocorrendo no Lago Nordenskjöld, em Torres del Paine na Patagônia Chilena.

Sinais de tromba d’água (cabeça d’água): como identificar?

Não se engane por achar que um dia limpo e sem aparente chance de chuva isenta riscos de tromba d’água. De fato, não precisa estar chovendo para o fenômeno acontecer: basta as chuvas ocorrerem no alto do curso de um rio, há quilômetros de distância de onde você está, para que se forme um grande volume de água, podendo descer de forma violenta, levando tudo o que encontrar pelo seu trajeto.

Fizemos uma lista para você conseguir identificar os primeiros sinais que indiquem a aproximação de uma tromba d’água. São os seguintes:

  1. Aumento repentino no volume e força da água;
  2. Mudança de cor da água, ficando mais suja e barrosa;
  3. Presença de detritos como galhos e folhas na água;
  4. Volume de som alto vindo do alto do rio.

Como antecipar o risco de uma tromba d’água?

Se você estiver planejando tomar um banho de rio ou de cachoeira, fique sempre atento à presença densa de nuvens na parte alta dos rios. Também recomendamos pesquisar sobre a ocorrência de trombas d’água na região onde você vai, além das possíveis rotas de fuga caso aconteça uma tromba d’água. Observe bem o ambiente à sua volta, assim que chegar, para conseguir definir os melhores caminhos (geralmente locais mais elevados) para salvar sua vida e a vida de quem estiver próximo a você.

Caso aconteça uma tromba d’água, obviamente, saia do rio ou da cachoeira o mais rápido possível, avisando quem estiver à sua volta. Caso você não consiga sair do curso do rio e fugir para uma parte mais elevada, então a melhor opção é abrigar-se em local que possa oferecer segurança e esperar a tromba d’água perder velocidade e volume, até baixar.

Para concluir, não deixe de aproveitar banhos de rios e de cachoeiras no verão, mas esteja sempre atento da possibilidade de tromba d’água e dos riscos que o fenômeno envolve para não ser surpreendido pelas correntezas!

Confira os roteiros que permitem desbravar as diversas cachoeiras do Rio de Janeiro e venha refrescar-se com a Nattrip em total segurança!

Comentários no Facebook

Redator
Jéromine Buchatz

Jéromine Buchatz

Marketing

Francesa, 24 anos, esportista, formada em comunicação e gestão intercutural. Apaixonada pela diversidade cultural e pelas belezas naturais do Brasil.

Mais Recentes
Facebook
Instagram

Veja também

Chapadas-do-brasil-cover

Chapadas do Brasil

O-que-fazer-em-Visconde-de-Maua
Ilha Grande Reserva cover
Trilhas de longo curso cover

Trilhas de longo curso

Documentários sobre a peregrinação para Santiago de Compostela

Novidades

Sochi cidade russa virou modelo para o turismo do país

E-Book Rio de Janeiro

Chapadas-do-brasil-cover

Chapadas do Brasil

Parceria Rio Eco Pets

Parceira Rio Eco Pets

Turismo Brasileiro Liberação dos Jogos

Apoiadores e Parceiros

Receba nossas novidades