X

Pastel de Bélem








Conheça os produtos da Nattrip na região de Lisboa.


Pastel de Belém


Quando se pensa nos doces portugueses, o Pastel de Belém é uma das primeiras especialidades que vem à cabeça.

Os famosos pastéis de nata de massa folhada, ovo, leite, açúcar e uma mistura perfeita de limão e canela são os doces mais populares do país, e são deliciosos tanto quentes quanto frios.

História do Pastel de Belém

Em 1834 são encerrados todos os conventos e mosteiros de Portugal, por consequência da revolução liberal de 1820, incluindo o emblemático Mosteiro dos Jerónimos, situado em Belém.

Alguns dos monges expulsos do Mosteiro dos Jerónimos, para tentar sobreviver, começam a vender, junto a refinaria de açúcar que ficava ao lado do Mosteiro, uns doces pastéis e os chamam de “Pastéis de Belém”.

A zona de Belém, mesmo distante da cidade de Lisboa atraía visitantes por causa da imponência do Mosteiro dos Jerónimos e da Torre de Belém, e com isso, os pastéis originários do Mosteiro começam a ganhar fama.

Em 1837, eles abrem sua própria confeitaria, anexa à refinaria, e inicia a fábrica dos “Pastéis de Belém” segundo a antiga “receita secreta”, oriunda do Mosteiro.

Esta receita foi transmitida e exclusivamente conhecida pelos mestres pasteleiros que os fabricam artesanalmente, na chamada “Oficina do Segredo”. Reza a lenda que a receita continua a mesma até os dias de hoje.

Diferença entre Pastel de Nata e Pastel de Belém

A diferença está na sua origem. Somente os pastéis feitos na Fábrica Pastéis de Belém podem ser chamados de pastéis de Belém. Inclusive o nome é patenteado!

Todos os outros, de outras pastelarias de Lisboa, de outras zonas de Portugal ou mesmo exportados para outros países, são denominados Pastéis de Nata.

A receita varia, os ingredientes também. Alguns são mais crocantes, outros são mais macios. Isso não quer dizer que sejam melhores ou piores, simplesmente não são Pastéis de Belém, que são absolutamente únicos no mundo!

Como chegar aos Pastéis de Belém

A forma máis rápida de ir de Lisboa até a Fábrica Pastéis de Belém é de táxi, uber ou Tuk-Tuk.

Mas também é bem fácil ir de transporte público. Da Praça da Figueira, no centro de Lisboa, saem o ônibus (linha 714) e o bonde 15E, ambos chegam em Belém em torno de meia hora.

É possível também ir de bicicleta ou patinete elétrico. São 7 km da Praça do Comércio até Belém pela ciclovia que segue ao lado do Rio Tejo.

  • Endereço: Rua de Belém nº 84 a 92, 1300 – 085 Lisboa Portugal
  • Funcionamento: Diariamente das 08h às 21h
  • Preço aproximado do Pastel de Belém: € 1.15
  • Site: https://pasteisdebelem.pt/














Anúncios







Este conteúdo também está disponível em: Inglês