Agência de Turismo e Operadora de Turismo - Blog Nattrip

Cavaleiros Templários e o Caminho de Santiago

Cavaleiros Templários fazem parte da história do maior ´museu aberto´ do mundo de todos os tempos, em arquitetura, engenharia e artes.


A Idade Média

Cavaleiros Templários são o assunto de muitos historiadores e estudiosos, de diversos campos do conhecimento. Desde a Idade Média eles dedicaram seu tempo e interesse para entenderem e decifrar os motivos de se ter feito todo um conjunto de construções, infra-estrutura e de arte, que estão reunidos ao longo das rotas de peregrinação a Santiago de Compostela.

Cavaleiros Templários na Europa

Isso não apenas pela Península Ibérica, mas também mais a leste, pelo interior da França, Alemanha, Suíça, Itália, Países Baixos, Ilhas Britânicas e todo o leste europeu. São realizações ao longo de milhares de quilômetros de rotas, trilhas e caminhos estabelecidos desde o século IX da Idade Média. Trata-se do maior acervo de obras de engenharia, arquitetura e de artes sacras existente no mundo, em todos os tempos.

cavaleiros templários

Obras semelhantes

Existem outros lugares que podem ser comparados ao Caminho de Santiago:

  • Muralhas da China

Pode-se alegar sobre as Muralhas da China, que se estenderam por 10 mil quilômetros, feitas há mais de 5 mil anos atrás. Mas estas tinham tão somente um objetivo militar, de impedir que os cavalos (e não necessariamente os soldados) das tropas dos exércitos mongóis invadissem o território chinês (o que aliás foi exitosamente conseguido), de forma a reduzir grandemente o poderio de ataque dos mesmos.

Era portanto uma obra de engenharia militar, a maior parte feita de madeira arrancada das abundantes florestas próximas (poucos trechos eram feitos de pedra, como os que ficaram de remanescentes hoje em dia da muralha). Não havia o objetivo de desenvolver novos conceitos de arquitetura, e muito menos de produzir arte.

  • As pirâmides do Egito

Pode-se alegar sobre as pirâmides e outras construções próximas no Egito. Estas sim envolveram os conceitos de engenharia, arquitetura e artes. Mas são localizadas numa pequena área, comparada ao vasto território europeu por onde se desenvolveram as obras relacionadas ao Caminho de Santiago. No caso das realizações no Egito, também não são claros os objetivos de terem sido realizadas e nem quanto tempo atrás começaram a ser feitas. Há muita polêmica a respeito.

Assim como há em relação aos ‘por ques’ de existirem todas as obras e realizações de engenharia e arquitetura que compõem o extraordinário acervo ao longo dos vários Caminhos de Santiago, por toda a Europa. Não esquecer que o termo ‘pontíficie’, para designar o Papa da Igreja Católica Romana, ou seja aquele que detém a hierarquia máxima na instituição, vem do termo na Idade Média que se refere àquele que sabe construir pontes, que tem o conhecimento para tal, para se verificar a importância dada para os que detinham este conhecimento de engenharia para construir as pontes transpondo cursos d’água e desníveis acentuados na Idade Média, permitindo o fácil transitar de pessoas e mercadorias.


A ordem militar-religiosa dos Cavaleiros Templários

Este acervo a céu aberto ao longo das trilhas de peregrinação a Santiago de Compostela se deve, em grande parte, à ordem militar-religiosa dos Cavaleiros Templários, e das chamadas lojas (ou guildas) de pedreiros, constituídas dentro da ordem. Esta configuração das lojas de pedreiros e artesão abrigadas e protegidas pelos Cavaleiros Templários executou ao longo dos Caminhos de Santiago, por cerca de 200 anos (do século XII ao XIII), um enorme quantidade de impressionantes obras de engenharia e arquitetura para a época, repletas de arte ligada aos símbolos dos Cavaleiros Templários.

Foram construídas para acolher e ajudar os peregrinos que acorriam ao local do sepulcro do apóstolo. Com a extinção da ordem dos Cavaleiros Templários no século XIV as lojas de pedreiros tiveram que se proteger na clandestinidade ou entrando para ordens religiosas que existiam à época.


Outras perspectivas

Existem outras fontes que podem ser interessantes para os entusiastas do assunto:

  • Centro Virtual Cervantes

Aqui sugerimos fortemente que você visite o web-site do Centro Virtual Cervantes (CVC), que apresenta uma explanação detalhada, em um belíssimo espanhol clássico, sobre as obras arquitetônicas, de engenharia e de arte sacra ao longo do Caminho Aragonês e Francês para Santiago de Compostela. O web-site oferece também uma impressionante galeria de fotos, altamente profissionais, sobre diversos monumentos de interesse em todos os locais por onde essas trilhas passam, até chegar a Santiago de Compostela.

  • Guia Magica del Camino de Santiago

Tem um bom livro para os interessados em buscar possíveis respostas aos questionamentos sobre tantas e tamanhas construções ao longo da Idade Média a partir do século IX nas rotas da Península Ibérica até Santiago de Compostela. Recomendamos a leitura da excelente publicação, apenas em formato de e-book, e de preço muito acessível, do peregrino Francisco Contreras Gil.

Chamada ‘Guia Magica del Camino de Santiago’ a edição é apenas em espanhol. Neste e-book ele aborda e analisa em detalhes as muitas realizações das lojas de pedreiros e artesãos, também ao longo do Caminho Aragonês e Francês para Santiago de Compostela, e quais as motivações dessas lojas ligadas à ordem dos Cavaleiros Templários para empreender essa quantidade impressionante de obra s e feitos.

Comentários no Facebook

Redator
Paulo Fernandez

Paulo Fernandez

Consultor Santiago de Compostela

Paulo Fernandez é consultor da Nattrip para a peregrinação à Santiago de Compostela, tendo concluído o Caminho Francês desde Saint-Jean-Pied-de-Port em 1999.

Mais Recentes
Facebook
Instagram

Veja também

Chapadas-do-brasil-cover

Chapadas do Brasil

O-que-fazer-em-Visconde-de-Maua
Ilha Grande Reserva cover
Trilhas de longo curso cover

Trilhas de longo curso

Documentários sobre a peregrinação para Santiago de Compostela

Novidades

Sochi cidade russa virou modelo para o turismo do país

E-Book Rio de Janeiro

Chapadas-do-brasil-cover

Chapadas do Brasil

Parceria Rio Eco Pets

Parceira Rio Eco Pets

Turismo Brasileiro Liberação dos Jogos

Apoiadores e Parceiros

Receba nossas novidades